História

A PASTORAL DE CASAIS EM SEGUNDA UNIÃO ESTÁVEL, FOI IMPLANTADA EM JUNDIAÍ,NO DIA 20/07/1993 DURANTE O BISPADO DE DOM ROBERTO PINARELLO ALMEIDA,CONTANDO COM A INICIATIVA DO CASAL JOÃO BOSCO E APARECIDA DE  FÁTIMA, QUE BUSCARAM  A APLICAÇÃO DO CONTIDO NA EXORTAÇÃO APOSTÓLICA  "FAMILIARIS  CONSORTIO'"  nº  84, DE 1981,  A QUAL EXORTA  TODOS  OS  PASTORES E A COMUNIDADE DE FIÉIS, A  AJUDAR OS DIVORCIADOS QUE CONSTITUIRAM UMA  2ª UNIÃO ESTÁVEL, NÃO OS DEIXANDO SEPARADOS DA IGREJA.
 
O ENTÃO BISPO DIOCESANO DOM AMAURY CASTANHO E POSTERIORMENTE O BISPO DOM GIL ANTONIO (AGORA ARCEBISPO DE JUIZ DE FORA) ,CONTINUARAM A OFERECER O INCENTIVO E APROVAÇÃO, PARA
A CONTINUIDADE DA PASTORAL. 
 
ESSA PASTORAL VEIO PARA ACOLHER ESSES CASAIS E MOSTRAR A MISERICÓRDIA DE DEUS A ELES. O CAMINHAR DESTA PASTORAL,FUNDAMENTA-SE NO ACOLHIMENTO E EVANGELIZAÇÃO., APÓS
UM ENCONTRO, SÃO FORMADOS GRUPOS DE 5 A 7 CASAIS, QUE PARTICIPAM DE REUNIÕES MENSAIS QUE SÃO DIRECIONADAS POR UM CASAL, CHAMADO "PILOTO"QUE É INDICADO PELO COORDENADOR OU PELO PADRE.NESSAS REUNIÕES A PALAVRA DE DEUS É PROCLAMADA.
 
DIVIDIDAS  EM VÁRIAS ETAPAS, A PASTORAL CONTA COM O AUXILIO DE LIVROS, QUE CONTÉM CITAÇÕES BÍBLICAS, PARA AS RESPECTIVAS ETAPAS.
ATUALMENTE, SÃO  FEITOS ENCONTROS DIOCESANOS, OU PARÓQUIAIS, SEMPRE VISANDO A INSERCÃO DESSES  CASAIS  NA  IGREJA.

Um comentário:

  1. Olá! Ao ver este blog, cresceu em mim uma alegria misturada com esperança de que um dia eu possa viver isso aqui onde moro...gostaria que publicassem algo sobre o que é preciso para ser implantada uma pastoral de segunda união nas paróquias...obg pela atenção, um abraço para tds vcs.

    ResponderExcluir